AVALIÇÃO DE SOBRAS DE UMA UNIDADE PRODUTORA DE REFEIÇÕES DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP

Autores

  • Maria Fernanda da SILVA
  • Vivian Breglia Rosa VIEIRA

Resumo

Sobras limpas são aquelas que resultam do alimento que foi produzido, porém não foi distribuído para consumo. Esse tipo de sobra só pode ser reutilizada quando monitorada e mantida em temperatura adequada, por tempo adequado, caso contrário deve ser descartada, gerando desperdício. O objetivo desse estudo foi quantificar as sobras limpas de uma Unidade Produtora de Refeições do município São José do Rio Preto/SP. O quantitativo de alimentos produzidos e de alimentos não distribuídos foram anotados em planilha elaborada pelas pesquisadoras e, posteriormente, analisados para compor os resultados. Foi analisada a produção total e o desperdício gerado em 20 dias úteis. Em média, 15,6% da produção de alimentos foi desperdiçada, isso equivale a 678,6kg de alimentos. No restaurante avaliado, não há controle de tempo e temperatura das sobras limpas. Nesse contexto, os alimentos que sobram sem serem distribuídos precisam ser descartados. Verificou-se, portanto, a necessidade imediata de tomada de decisões para diminuir o desperdício e suas consequências.

Publicado

2021-05-05

Edição

Seção

Artigos