MORMO EM EQUINOS: UMA REVISÃO

Autores

  • Tiago Jorge Chacon Tiago Jorge Chacon PETINELI
  • Paulo Marcelo Molina Cirino DOS SANTOS
  • Thalita Masoti BLANKENHEIM

Resumo

O mormo é uma doença infecciosa, altamente contagiosa e fatal, causada pela bactéria Burkholderia mallei, podendo ser transmitida pela via oral, respiratória ou cutânea, que acomete primariamente os equídeos, sendo o ser humano considerado hospedeiro acidental. Sua disseminação ocorre por meio de forragens, água e fômites, principalmente por cochos e bebedouros. Os sinais clínicos mais comuns são hipertermia, corrimento nasal e tosse. A equideocultura é importante para o país devido questões sociais e econômicas, portanto doenças como o mormo em que é obrigatória a eutanásia de animais positivos, trazem prejuízos consideráveis aos proprietários. O objetivo deste trabalho consistiu em revisar a etiologia, epidemiologia, patogenia, sinais clínicos, diagnóstico, tratamento, prevenção e controle da bactéria Burkholderia mallei.

Publicado

2021-05-05

Edição

Seção

Artigos